ROOT

O tema root é sempre muito comentado em todos os sites especializados em Android. Mas muitos ainda não sabem o que isso significa ou querem saber ainda mais sobre o assunto. Por isso, te apresento aqui o artigo mais completo com tudo o que você sempre quis saber sobre o root no sistema operacional móvel do Google.

1 - O que é Root? A palavra root significa“raiz” em inglês, e se trata de um processo derivado dos sistemas Linux, que também é aplicado no Android para obter os direitos de superusuário. Dessa forma se ganha acesso integral ao sistema e à permissão de modificá-lo de maneira livre. Porém, a instalação de um root por usuários inexperientes pode causar sérios danos ao dispositivo, pois se algo der errado, arquivos importantes do sistema podem ser apagados rapidamente, comprometendo o aparelho. Este é também o motivo pelo qual os telefones não vêm rooteados de fábrica e porque você deve tomar muito, mas muito cuidado mesmo, ao rootear seu smartphone.

2 - Para que serve o root do meu smartphone? Como dito antes, você poderá obter o controle total do seu aparelho e instalar as ROMS customizadas que quiser, além de eliminar ou congelar aplicativos normalmente não modificáveis e efetuar backups completos de dados e aplicativos. Mesmo sem instalar uma ROM customizada, contudo, você ainda pode efetuar uma série de mudanças em seu celular com os inúmeros módulos do aplicativo Xposed Framework.

3 - Como funciona? O acesso ao root é feito por um script, instalado no modo download do Android que, em seguida, executa-se automaticamente. Este script usa, normalmente, uma vulnerabilidade no kernel do sistema operacional e executa a chamada Privilege Escalation. Esses novos direitos fazem de você um superusuário, com os privilégios mencionados acima. O aplicativo instalado, SuperSU, permite que você mantenha o controle sobre qual momento um aplicativo pode usar os privilégios de root.

4 - Perderei a garantia do meu celular se fizer root? A resposta mais curta é: sim. Infelizmente, todos os métodos invalidam a garantia do celular, mas alguns permitem a volta ao estado anterior mais facilmente (restaurando também a garantia). É preciso ter em conta que as modificações de software (também aquelas oficiais, como os updates) aumentarão um contador de sistema que será consultado no momento em que verificarem o seu celular na assistência técnica. Dessa forma, restaurando os valores desses contadores, a sua garantia também será "resetada".

5 - Será que meu celular já tem root? Dá pra confirmar? Alguns malwares podem infectar seu dispositivo aumentando seus privilégios. Ou você já rooteou seu aparelho, mas voltou atrás e eliminou o root. Ou você comprou o dispositivo usado de um amigo e não tem certeza deste status no aparelho. Em todos os casos, é preciso checar se seu telefone está ou não rooteado. Existem dois aplicativos, que são frequentemente utilizados para responder esta perguntaO primeiro foi desenvolvido por Jared Rummler, chefe da JRummy Apps. Trata-se do Root Checker, um aplicativo gratuito que verifica em questão de segundos se o seu dispositivo foi rooteado. Se o resultado for positivo, o aplicativo também mostrará os aplicativos que estão usando os direitos de superusuário.

6 - Preciso de um computador para fazer root no Android? Depende do aparelho. Alguns smartphones já podem ser rooteados com aplicativos que exploram as falhas de segurança do sistema, os chamados exploits. No artigo abaixo, mostramos vários métodos universais de root, tanto pelo PC quanto por aplicativos:

7 -Como eu posso fazer o root no meu aparelho? Dependendo da fabricante, há mais ou menos riscos derivados do acesso ao root do Android. Os dispositivos normalmente requerem modos diferentes de instalação do acesso ao root, podendo demorar mais ou menos e exigindo um pouco mais ou um pouco menos de esforço. Normalmente, o acesso root pode ser instalado em 2 fases:1. Ignorar a segurança do dispositivo, desbloqueando o bootloader e/ou explorando a segurança do sistema operacional Android2. Instalando um app de gerenciamento de superusuário.Algumas fabricantes já estabeleceram o software padrão e outras até te ajudam a modificar o Android dentro das regras. Alguma outras vedaram completamente qualquer mudança, de modo que a pessoa se sente até mal enquanto navega entre as linhas de comando, com a boca seca e dedos inquietos diante do computador, esperando e rezando para que advertências como “WARNING” ou “ERROR” não apareçam de repente na tela.

Infelizmente não podemos mostrar aqui um passo a passo de todos os dispositivos existentes no mundo, pois se fosse assim, este artigo teria proporções bíblicas. Fora que eu demoraria séculos para finalizá-lo e ele seria provavelmente entregue muito depois do recomendado. Mas, o que podemos fazer é direcionar você para o caminho certo, onde é possível encontrar informações confiáveis.

Abaixo um dica de vídeo tutorial muito bom fazendo root